Partinha de Experiências
 
Coudelaria das lezirias
www.assentis.org / Vida / Brasil - Amaragi
 

Amaragi, só de falar no nome já tenho saudades... tal foi o prazer que tive em lá estar.

A Fazenda Amaragi e a Pousada Amaragi, são coisas diferentes, ficam no Brasil a cerca de 85 Km a sul do Recife, perto da vila de Rio Formoso.
Claro que devem existir muitos lugares no mundo mais bonitos ou onde se come melhor ou com melhor hospedagem, mas segundo o que consegui apurar, não será fácil encontrar um local que consiga um tão grande equilibrio naquilo que penso muitos de nós consideramos o essencial para se passar umas boas férias.
As paisagens são deslumbrantes, a comida é boa, o clima já devem imaginar, os entretenimentos são suficientes e o preço, penso que está acessível à maioria das bolsas. Claro que o problema está nas passagens aéreas mas mesmo assim se está a pensar em fazer uma férias fora de Portugal, pensamos que vale a pena considerar Amaragi.

 

A piscina da Fazenda Amaragi. A fundo vê-se o telhado do Restaurante.
A Fazenda Amaragi, como unidade hoteleira, fica a cerca de 3 km da praia enquanto que a Pousada Amaragi fica a menos de 1 Km. Em ambos os casos, existem transportes até ao local (lindo para variar) onde é necessário apanhar uma lancha que por sua vez leva cerca de 10 minutos a chegar à praia propriamente dita, a Praia dos Carneiros. Esta praia é frequentada exclusivamente pelos hospedes da Fazenda e da Pousada Amaragi. Escusado será dizer que as viagens diárias em vez de serem uma estafa são um verdadeira prazer para os pulmões, para a vista, etc ...

A Fazenda Amaragi é propriedade do Sr Roberto e foi em tempo uma herdade enorme (1700hectares ???), mas a reforma agrária lá do sitio obrigou o Sr Roberto a desfazer-se de maior fatia a favor dos seus empregados, ficam a fazenda actual reduzida a cerca de 90 hectares (??). A determinada altura, o Sr Roberto decidiu fazer uma sociedade com, pelo menos um Português e um Alemão, e avançaram para a contrução, ainda na fazenda, de uma outra unidade hoteleira, mais requintada (mais cara claro) e mais próxima da praia e que é conhecida por Pousada Amaragi.Vista do interior da Pousada Amaragi

 

BungalowNa Fazenda Amaragi, onde estive, podemos optar por ficar na "Casa Mãe" que funciona como um hotel tradicional ou nos Bungalows que se encontram espalhados em volta do centro onde se encontra a piscina e o restaurante. Recomendo vivamente os bungalows que são espaçosos, sossegados, e o ar condicionado funciona às mil maravilhas. Em frente de cada bungalows temos sempre a tradicional rede espeguiçadora. Os mosquitos chateiam mas não muito.

A piscina é agradável e têm uma zona dividida só para crianças.

Um peixe deste chega para mais de 20 pessoasO restaurante é bom e os gelados que podemos pedir a qualquer hora, são do melhor. Para mim a melhor refeição é o pequeno almoço onde se pode usar e abusar da fruta. A manga então é de comer até rebentar.

Peladinha vista da varanda do Restaurante da FazendaO ambiente à noite é muito calmo. Podemos optar por ficar em volta da piscina na conversa a beber uma caipirinha ou ver televisão via Lições de dançasatélite (RTPi incluida). Duas ou três vezes por semana há musica ao vivo e podemos aprender a dançar os ritmos brasileiros com os verdadeiros artistas. Existem uma mesa de ping-pong e um jogo de matraquilhos mas ambos estão um mau estado de qualquer maneira sempre dá para nos entretermos.

Após o pequeno almoço temos a possibilidade de apanhar a boleia do tractor para a praia. Vale a pena exprimentar uma viagem uma viagem cheia de saltos nos bancos de madeira do reboque do tractor mas sem dúvida que as carrinhas Wokswagen, conhecidas por "pão de forma", proporcionam uma viagem mais confortável. Basta deixar seguir o tractor e pedir uma carrinha que ela aparece logo. Como alternativa podemos pedir um cavalo e fazer um magnifico passeio de 3 kms.A viagem de tractor é espectacular

O percurso é todo em terra batida e nem se dá pelo tempo a passar pois motivos de interesse é o que não falta. Cana do açucar, bananeiras, mangueiras (árvore da manga, claro!) com mais de 10 metros de diâmetro, árvores com frutos desconhecidos, agricultura tão diferente da nossa, casas sem porta mas com parabólica no telhado, gado a pastar por todo o lado, etc, etc...

As famosas "Pão de Forma"que nos trazem da Fazenda à lanchaEntre 15 a 20 minutos depois de termos partido, chegamos junto de um enorme rio (que não é um mas sim três que convergem nesse ponto) onde termina a nossa viagem por terra. À nossa espera já está uma lancha com um potente motor de 200cv e que nos vai levar até à praia, numa viagem de cerca de 10 minutos. A margens do rio são magnificas com as arbustos a sairem de dentro de água. Tudo tão verde e natural. A pedido, podemos fazer um desvio pelos inúmeros canais ou mesmo, no sentido contrário subir um dos três rios e apreciar paisagens inesqueciveis.

O local onde apanhamos a lancha. Ponto de encontro de três rios

 

As condições na praia são excelentes.
A água é morna, podemos passar horas seguidas dentro de água. Por dia, penso que passei mais de 4 horas em média dentro de água a pôr a conversa em dia.
Para aproveitarmos melhor todo esse tempo, podemos ir remexendo a areia no fundo do mar e sem grande esforço conseguimos arranjar um excelente petisco.

 

Uma vista da grandiosidade e beleza da praia

 

As ameijoas apanhadas por nós e cozinhadas na praia. As ameijas são às toneladas. Uma meia hora antes do almoço, levamos o balde de praia cheio de ameijoas à cozinha e é só pedir para nos confecionarem este pitéu.

 

 

Para sul da praia encontramos os recifes onde se formam piscinas naturias com a maré vaziaA praia em termos de paisagem é das mais bonitas que já vi, como nos filmes. A vista é bonita em todas as direcções. O rio que percorremos para chegar à praia fica à nossa esquerda, em frente e quando a maré está vazia forma-se uma ilha que para ser visitada é só pedir a lancha. Os quilometros de areia extendem-se desde as bermas do rio passando pelo local onde "abancamos" e continuam para sul. Vinte minutos a pé nessa direcção leva-nos até aos recifes onde se formam piscinas naturais durante a maré vazia.
A oferta de actividades é variada. A mota de água

 

 

 

Motas de água, a "banana", canoa, passeio de barco às ilhas, moto 4, andar de cavalo são as possibilidades que nos são oferecidas. Apenas a motas e a "banana" são pagas.A banana puxada por um potente barco, quando vira provoca sensações únicas

 

 

Restaurante na praia. A picanha é uma maravilha
As refeições são do tipo buffet e são servidas num restaurante na praia. Pessoalmente acho a comida muito boa, especialmente as carnes picanha e maminha que são uma delicia. Claro que a bebida recomendada não podia deixar de ser a Caipirinha. O atendimento é 5 estrelas.

Todos são simpáticos e acabamos por criar grandes amizades com todos eles. Cada um apresenta uma particularidade que nos leva a alimentar grandes conversas. Um porque a mulher o deixou com 7 filhos, outro que nunca tinha andado de barco, outro que faz todos os dias vários kms a pé para vir trabalhar, outro que é um espectáculo a dançar e ainda um que não consegue parar de rir.

Passeio de cavalo ao fim do diaDurante o dia perguntam-nos se queremos reservar cavalos para uma volta pela fazenda no fim da praia. Podemos reservar os quisermos porque cavalos ou póneis é o que não falta por aqueles lados.

Artesanato vendido na praia. O artista que faz esta maravilhas esteve representado na Expo98Para fazer compras (quem é não gosta de trazer uns souvenirs) temos de vez em quando umas visitas na praia e conseguem-se fazer alguns bons negócios. Eu investi em redes esperguiçadoras. Consegui baixar para metade o preço que me foi inicialmente proposto. Quem quiser mais oferta, pode pedir uma carrinha que nos leva até Porto Galinhas por uma tarde ou mesmo um dia completo (fica barato). O "chouffer" fica todo o tempo por nossa conta, podemos levar o tempo que quisermos. Loja de artesanato em Porto Galinhas

 

 

Porto Galinha fica a cerca de 40 kms da Fazenda na direcção do Recife e é uma praia muito conhecida turisticamente. Infelizmente como praia deixa muito a desejar mas para comprar "bujigangas" é do melhor.

 

 

Fica muita coisa para dizer mas como vai mais uma imagem que mil palavras, aqui ficam algumas fotos e caso necessitem de algum esclarecimento, o meu mail está à vossa disposição.

 

Saiba tudo sobre a Fazenda Amaragi....

 


A pedido, podemos dar uma volta pelos inúmeros canais dos
três rios que terminam junto da Praia dos Carneiros

A canoa

Para os mais pequenos também existem póneis e até quem os guie com uma paciência interminável.

Mais uma vista junto dos recifes.

Os ingredientes de uma bela praia

As lanchas estão equipadas com motores de 200cv!!!

Mais uma vista do local de "embarque"


Uma cascata, no Brasil chama-se "Cachoeira"
que visitámos a caminho de Porto Galinhas.


Com a maré vazia podemos fazer centenas de metros
com pé em direcção ao mar


Uma vista da praia de Porto Galinhas

Regularmente recebiamos a visita dos cavalos na praia. Apareciam não sabe de onde e "abancavam".

A vista da Pousada Amaragi é simplemente dislumbrante

Ostras. Só para quem gosta.

A piscina da Pousada Amaragi. Pode-se estar ao balcão dentro de água

O outro lado do bar da Pousada Amaragi. Por vezes à noite passa-se aqui um bom bocado com música ao vivo e muita vibração.

O artista que esteve na Expo98.


Estrelas do mar que se apanha na ilha que se forma
em frente à praia quando a maré está vazia.


O pescador ...

... a pescar, claro.

A origem da picanha ...

... também frequentava os jardins da Fazenda

Mas tudo o que é bom também se acaba ...

Cenas dos próximos episódios.

Contacto
Fazenda Amaragi - Rio Formoso - Pernambuco - Brasil
Fones: 0055 (81) 9933.6400 / 3678.1243 - Fax: 0055 (81) 3678.1237
EMail Amaragi


Preços
2 Adultos, 1 quarto: Casa mãe USD $117 Bungalow USD $148, crianças até 5 anos grátis, de 5 até 12 anos no quarto dos pais 50%

Fotos e texto de José António Costa