Notícias 1 a 1 de 1 Lista de Títulos
Torres Novas - Autosant com entradas gr?tis
   
O Pavilhão de Exposições da Nersant, em Torres Novas, vai receber mais um grande Salão Automóvel da Região de Santarém entre 1 e 4 de Junho. Este ano, com entradas gratuitas, a Autosant torna, assim, a ser palco das principais novidades automóveis, estando já confirmadas as presenças da BMW, Chevrolett, Citroen, Fiat, Alfa Romeu, Lancia, Suzuki, Honda, Seat, Mitsubishi, KIA, Mazda, Opel, Renault, SAAB, bem como o regresso da Ford e da Volkswagen, representadas pelos concessionários da região. Em paralelo, realiza-se a 3ª edição da Motosant, com exposição de motos e acessórios, estando já confirmada a presença Suzuki. Também de presença confirmada estão outros expositores de artigos e serviços diversos, como é o caso dos veículos da Carpego, as tintas e esmaltes da empresa Jaime Purificação Pereira e os carros telecomandados da JP Racing. Este ano, a Nersant introduziu ainda uma novidade ao nível dos veículos comerciais, em que todas as marcas presentes no certame poderão dar a conhecer os seus modelos de dois lugares, gratuitamente, num espaço exterior anexo ao pavilhão principal. Kartcross, tunning e TT A par de um parque de exposição extremamente atractivo, a organização está ainda a preparar um programa de animação variado, que passará pela realização de uma demonstração de Kartcross, prova de perícia automóvel e tunning nocturno, no sábado e um passeio todo-o-terreno no domingo, dia 4 de Junho. A Autosant/Motosant foi apresentada em conferência de imprensa no dia 19. João Artur, da direcção da Nersant explicou que a alteração do evento de Abril para Junho deveu-se à vontade dos expositores que preferem a feira depois do salão automóvel da FIL, onde são apresentadas todas as novidades do mundo automóvel: “Se fosse antes, as marcas não apresentavam em Torres Novas os seus novos modelos”. Quanto à ausência das grandes marcas como a Ferrari, Porsche, Maserati ou Bentley, João Artur adiantou que o objectivo da Autosant é estar adaptada à realidade económica portuguesa. “Mas ainda poderá haver novidades”, rematou.
NM 2006-05-24 17:15:00
 
Voltar à página principal do assentis.org