Notícias 1 a 1 de 1 Lista de Títulos
Novos aumentos da electricidade a caminho
   
A Entidade Reguladora do Sector Energético (ERSE) quer reduzir o consumo de energia em Portugal. O plano deve acabar por fazer subir os preços da electricidade para os consumidores. A mesma entidade tem em discussão pública uma proposta para um plano de melhoria da eficiência energética para incentivar medidas do lado da procura que permitam cumprir o objectivo de redução do consumo de electricidade e que será financiado pelas tarifas dos consumidores finais. O objectivo é garantir até 2010 a redução do consumo de electricidade em 3% em relação ao consumo actual, o correspondente a 1300 GWh (gigawatts), que é a meta definida no Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC). Para atingir esta meta, o Plano de Promoção da Eficiência no Consumo (PPEC) teria de contar com um orçamento de 151 milhões de euros. Ou seja, nas contas do regulador, para conseguir as poupanças necessárias, seriam necessários 38 milhões de euros, uma factura que seria assumida pela tarifa final, ou seja, cobrada aos consumidores. Em causa está um impacto anual de 0,72% nas tarifas anuais, que iria criar uma pressão adicional para o aumento dos preços da electricidade, que estão já muito sobrecarregados com outras facturas: custo da produção renovável, a remuneração dos centros produtores, o financiamento aos investimentos ambientais das centrais a carvão, para já não falar de um défice tarifário, provocado pela alta os combustíveis, superior a 740 milhões de euros, referente a este ano e que os consumidores domésticos terão de pagar nos próximos anos.
CiberNews 2006-05-23 14:22:00
 
Voltar à página principal do assentis.org