NOSTALGIA
 


Incêndio estragou primeiro dia de festa

O primeiro dia de festa em honra de Santo António de Assentis, que teve
lugar a 1, 2, 3 e 4 de Agosto foi estragado por um incêndio que deflagrava à
vários dias na freguesia de Assentis. Assim, o espectáculo que estava
previsto para sexta-feira foi adiado para segunda.

No sábado, apesar das temperaturas elevadas e do fumo que pairava no ar,
tudo decorreu normalmente. Durante a tarde houve porco no espeto e à noite,
mais uma vez, o grupo “Ferro & Fogo” encheu o recinto até madrugada.

   

No domingo realizou-se o peditório, missa e procissão e à tarde houve uma
sardinhada.

À noite actuou o grupo “Out Band”.
Na segunda-feira, foi a vez de José Pedro e os Declínius animarem Assentis.
 
Segundo a organização, esteve evento envolveu mais de uma centena de pessoas
que trabalharam voluntariamente para o sucesso da festa.

Os lucros reverterão para o Centro Recreativo e Cultural de S. António.

A comissão organizadora agradece o apoio prestado pela Junta de Freguesia de Assentis, Câmara Municipal da Golegã e por José Costa, proprietário do terreno onde decorreu a festa.


 
Oliveira & Graça venceu torneio

Oliveira & Graça, a equipa de Carlos Caganeira, ganhou o torneio de futebol 11 que decorreu durante a festa, no campo da Pinheira.

 

A Serra da Sabacheira ficou em segundo, Alqueidão em terceiro e o Bairro, em quarto lugar.


 

Coelho partiu uma “pata”

Manuel Coelho, o famoso ponta de lança dos casados partiu uma perna durante o jogo solteiros-casados, que se realizou na segunda-feira. Coelho chocou com o guarda-redes Joel e lesionou-se com gravidade na perna direita,
partindo o perónio e a tíbia. A partir daqui, a partida perdeu o interesse e acabou com um empate a zero.
Coelho encontra-se no hospital de Abrantes à espera de ser operado.
Desejamos-te rápidas melhoras.
Força Coelho!

Solteiras-Casadas

As mulheres de Assentis, e não só, também se confrontaram proporcionando um excelente espectáculo. As mais novas não perdoaram e espetaram uma cabazada às casadas. É a velhice...
Uma excelente iniciativa para repetir.

Pedimos desculpa pela pouca qualidade das fotos que conseguimos. Ficamos a aguardar pela desforra das casadas para podermos também ter direito à nossa deforra.

 
 
 
 
FOTOS
 
 
 
 
 
Fotos José Antº Costa e texto de Nuno Matos