CRÓNICAS DE ASSENTIS
 
Assentis - Crónicas
Blogosfera
 
         Nos últimos dias tenho visto o nosso livro de visitas muito activo o que se saúda, daí que me lembrei de vos falar sobre um fenómeno que revolucionou a comunicação.

         Eu gosto de escrever e comunicar, mas nunca percebi nada de blogues. Ainda hoje não entendi bem o que é, realmente, um blogue. Será uma espécie de “O meu diário” em versão on-line? Cantinho da Internet onde pessoas com os mesmos gostos e interesses se juntam? Instrumento de pressão política? Espaço público de liberdade individual? Local de devaneios egocêntricos? Decididamente não sei!

         E como em tudo na vida também nesta matéria há algumas coisas que me fazem confusão. Blogues referenciados como excelentes não me dizem nada. O defeito é meu, com certeza. Mas não consigo deixar de pensar que muitos deles são sobrevalorizados. Por outro lado tenho visto blogues muitíssimo menos conhecidos e que valem muito mais. No entanto, não têm um décimo da notoriedade que deviam ter. Os que na realidade prevalecem são os blogues dedicados à politiquice (e não à política) e esses, bem, passam-me completamente ao lado. Ou então os dedicados aos devaneios semi-poéticos e borbulhentos para os quais já não tenho pachorra.

         Que estou a querer dizer? Deliberadamente, nada. Suponho que um blogue é como um café: podemos até cumprimentar toda a gente, mas só nos sentamos na mesa onde está o nosso grupinho.

         E pronto. Mais um parágrafo e ainda nenhuma conclusão. Só me resta voltar ao princípio: o importante é sentir o prazer de escrever!

Um abraço


José Perdigão
2006-11-22
 
 
 
Voltar à Lista de Crónicas